Carnaval


Boa noite,

 

Brasil – País do Carnaval

Já perceberam que o Brasil é país de tudo quanto é coisa ruim? Carnaval, Futebol, Cerveja…. acho que a única coisa boa que temos no Brasil e que merece ser lembrado são as mulheres, e mesmo assim tem algumas que não se valorizam de forma alguma….

Quando falam que o Brasil é um País de Todos eu lembro na hora da música “Até quando esperar” – Plebe Rude

Quem nunca ouviu a famosa frase de que o ano só começa depois do Carnaval? maldito vagabundo que propagou esta frase e que mais maldito ainda é aquele que segue a ferro e fogo essa ideologia.

Tirando o fato de que eu adoro o Carnaval porque são 5 dias de feriado, as outras coisas que acontecem como festas de rua e outras papagaiadas não me atraem de qualquer forma, entretanto gostaria de tocar novamente em um assunto que pode ser um tanto exaustivo para alguns e importantes para outros.

Carnaval é a época em que a cerveja encarece, tudo se deve pela lei da oferta e da procura. Neste período do ano o consumo de álcool é ainda maior e eu sinceramente duvido que o efetivo policial seja o suficiente para controlar este bando de pessoas bêbadas que pagam até 10 reais por um copo de cerveja vencida comprado na rua e armazenado em um isopor que sinceramente o quantidade bactérias que ali existem daria para dar 3 voltas no globo terrestre tranquilamente.

Gostaria apenas de lembrar a todos que a multa para quem é pego na blitz do bafômetro (lei seca) é de quase 2mil reais e se você cometer a cagada de ser pego 2x no mesmo ano o valor dobra (ou seja quase 4mil na conta do papa).

Não só a multa mas só o fato de perder a carta, ter o carro aprendido e em alguns casos o próprio motorista fica retido, é um transtorno e vergonha que ninguém gostaria de passar.

E se isso não for o suficiente para você evitar a famosa cervejinha do carnaval, lembre-se que dirigir sob o efeito do álcool afeta (diretamente) os seus sentidos, você de uma forma involuntária começa a pisar um pouco mais fundo no acelerador, por 2 motivos, o principal deles é que você se torna o rambo do automóvel e o segundo é que a sua vontade de chegar logo em casa para dormir e descansar aumenta, principalmente porque bebida dá sono… energético é que desperta, sacou?

JohnRambo2008

Vamos supor que você é o Rambo e que você não dá a mínima pelo seu rico dinheirinho, supondo que você se envolva em um acidente já parou para pensar nas consequências que você pode trazer para outras pessoas? ter que assumir uma responsabilidade de ter batido o carro em cima de uma vítima inocente ou então no pior cenário, no mesmo estado de quem bebe?

Eu dirijo quase 30mil km de estrada por ano, é muita coisa, posso falar com bastante autoridade que já vi de tudo um pouco, desde o motorista do fusquinha que dirige torto pela rodovia até o motorista de caminhão de carga que desvia de buracos virtuais pela rodovia.

Gostaria de publicar 2 vídeos aqui que achei muito interessante sobre bebida e direção, gostaria que todos os visitantes deste blog tivessem a oportunidade de assistir.

O vídeo abaixo é um pouco mais pesado, mas nada que se compare a se envolver em um acidente de trânsito.

 

Vou deixar uma dica de Cerveja sem álcool,  a Schin tem gosto de cerveja mesmo, diferente da Liber que é doce esta é bem diferente, acho que vale o teste para quem nunca bebeu.

images

Existem outras opções no mercado, se mesmo assim você não encontrar, fique no energético e na coca-cola.

ceva

Se o fato de acidente, multa ou cadeia não incomoda você, acho que a foto abaixo poderá mudar um pouco a sua opinião.

Amigos-tenha-cuiado-nesse-carnaval

Obrigado e um bom carnaval.

OBS: O novo bafômetro recebeu um update e agora ele pega o fumante de maconha e o usuário de cocaína…

Bebida e Direção: Carnaval 2012


Boa tarde.

Vou escrever um tópico rápido, sobre bebida e direção, porque eu sei que é difícil segurar a vontade de beber uma gelada no carnaval, para quem gosta de uma cervejinha, é bem difícil já nos finais de semana, imagina agora em 5 dias.

É muito comum vermos nos jornais diversas notícias sobre acidentes nas estradas, na grande maioria dos casos o acidente envolve vítimas fatais, muitas delas causadas por imprudência dos condutores, em todos os casos existe ao menos uma das partes envolvidas estava sob efeito do álcool.

O álcool faz com que as pessoas tornem-se mais soltas e consequentemente é o grande amigo nas festas, fazendo com que a pessoa tornse-se mais desinibida. Infelizmente existe um preço para isso, o álcool afeta os sentidos tirando a sensação de perigo em realizar uma ultrapassagem perigosa – por exemplo.

Cansei de voltar de feriados prolongados e ver carros literalmente destruídos no acostamento das principais rodovias do país. Nos feriados é mais comum porque o número de pessoas que viajam é muito grande, milhões de carros saem das grandes capitais e eventualmente diversas dúzias se envolvem em grandes acidentes.

Para evitar um arrependimento eterno na sua cabeça, caso tenha tomado “algumas” chame um táxi, um amigo ou até mesmo um familiar. As vezes vale um sermão de algumas horas do que um arrependimento de uma vida. Acidentes em carros são extremamente comuns, mesmo sem beber, com certeza você caro leitor já bateu ou sofreu uma batida no carro (mesmo de leve), multiplique o impacto dessa batida por 300x para se ter uma real noção do que acontece quando uma pessoa imprudente cruza com o carro na sua vida.

Fica a dica, realmente não é propaganda ou marketing… é preocupação e respeito pela vida.

Eu sempre evitei publicar spams sobre qualquer assunto, apenas para ressaltar a sua curiosidade sobre os impactos do álcool e direção, pesquisem pela história de Jacqueline Saburido, infelizmente tudo é verdade o que está publicado na rede – diferente de muitas histórias que vemos por aí.

Obrigado