Como documentar um carro antigo


Boa noite,

Iniciarei agora em Novembro uma nova saga… Documentar um carro antigo, alguns podem achar que é loucura e que é impossível.

Se você possui um carro antigo, alienado a um banco falido, cujo proprietário faleceu a mais de 10 anos e seus herdeiros não movem um músculo para ajudar ou você simplesmente não sabe quem são, este tópico (a saga) será feito especialmente para você.

carro-abandonado

Somente para recapitular o que eu já havia escrito a algumas postagens antigas, todos sonhamos com carros, carros no geral despertam nossa atenção e o nosso interesse, seja ele turbinado ou original, tuning ou clássico… independente do estilo somos todos apaixonados por carro.

Não existe algo que defina isso, talvez loucura seja o termo mais adequado, gastar rios de dinheiro com peças, mão de obra e serviço para um bem que só traz satisfação pessoal e em alguns momentos reconhecimento externo.

Como transformar um carro velho em um carro antigo?

A resposta dessa pergunta é simples… com dedicação e muita força de vontade. Realizar um sonho de infância ou até mesmo um desejo que despertou depois de velho não tem preço.

Andar com o carro do ano ou um clássico? alguns preferem o carro do ano… mais completo, econômico e confortável.

Mulheres no geral detestam carros antigos, raramente você encontrará uma que tenha esse gosto tão particular, na grande maioria dos casos a sua família nunca tocará neste assunto e quando o assunto vier a tona você será alvejado de críticas.

Você encontrará facilmente excelentes carros clássicos, por incrível que pareça a grande maioria que eu tive a oportunidade de ver em excelente estado não tinha qualquer documento, nem um simples recibo de compra e venda…

Proprietários falecidos que deixaram um legado pelo qual a família pouco se interessa…. e quando se interessa são muitos os herdeiros e raramente você conseguirá unir todos para assinar contratos, termos e recibos….

O que fazer nestes casos? Comprar ou deixar o mofo e a ferrugem tomarem conta?

Será bem comum você encontrar um carro da década de 70 nestas condições, isso se deve porque antigamente era muito comum as famílias terem muitos filhos… carros como Opala, Dodge, Maverick, Landau eram carros de luxo o perfil da grande maioria das famílias que tinham estes carros era possui no mínimo 3 filhos, falo isso porque todos os casos que eu vi de carros sem documentos, dava para contar quais tinham menos do que 5….

documento-carro

O problema (depende do ponto de vista) é que a definição de herdeiro inclui até o vizinho… desce tantos níveis da árvore genealógica que se um dos herdeiros já faleceu, seus filhos e filhos dos filhos terão um percentual em cima do bem (complicado).

Desista se você tem pressa… a pressa é inimiga do antigomodelismo, de fato é preciso ter calma, educação e frieza para lidar com este tipo de situação. Pode ser que depois de 1 ou 3 anos de muita luta você chegue a uma conclusão de que o carro deve virar um carro de arrancada (infelizmente). Correr o risco de andar com um carro sem documento e ser parado em uma blitz…. perder tudo aquilo que você montou com dedicação, sinceramente não vale o risco.

Acompanhem e se possível comentem este artigo.Vou escrever estes tópicos na medida em que eu vou evoluindo (ou regredindo), alguns deles vou pedir para vocês pedirem os detalhes por email porque provavelmente não poderei comentar aqui.

Dica de música:  Led Zeppelin – Stairway To Heaven

Obrigado

134 thoughts on “Como documentar um carro antigo

  1. FERNANDA disse:

    Boa noite, meu pai tem um caminhão DeSoto 1954, não tem documento e não tem chassi, na época só havia número no motor, nesse caso será que consigo registrar

    • Fernanda E Posivel sim. Aqui em minha cidade havia Uma Pickup
      Chevy Truck 1930. Eu fui ver Pra comprar e não achei numero de chassis nem placa.
      Hoje esta Andando emplacada Com placa preta.
      Procure um advogado Procure seus Direitos E possivel sim Mas a toda uma burocracia.
      E necessário Um advogado para te auxiliar, Pois eu Caço carros e motos abandonados A mais de 9 anos E tenho um advogado que resolve pra min tudo de forma legal ja tive gastos de 1000,00 ate 7.000, tudo vai do que vc quer, vale a pena ficar com o caminhão?

      A usucapião pode recair tanto sobre bens móveis quanto sobre imóveis.
      O Código Civil, trata da aquisição da propriedade móvel quanto ao usucapião, nos artigos 1.260 ao 1.262.

      Requisitos:

      a) Prazo temporal de 3 anos;
      b) Coisa hábil para prescrever;
      c) Posse contínua e pacífica;
      d) Animus domini;
      e) Justo título;
      f) Boa-fé;
      g) lapso de tempo.

      Documentos necessários:

      Procuração;
      Declaração de Pobreza (se houver);
      RG e CPF;
      Comprovante de Residencia;
      Documento do bem ou declaração por escrito do objeto .

  2. André Luiz disse:

    Bom dia Xará. Estou querendo fazer negócio em uma caminhonete da década de 40, porém ela não tem placas, numeração de chassis nem documento. O atual dono comprou de um fazendeiro que perdeu tudo. É possível regularizar essa caminhonete? Como devo proceder?

    • Fala Xará, sem o número do Chassi é impossível iniciar qualquer processo de documentação. Deve ser por este motivo que o caminhão era de fazendeiro. No Brasil todos os veículos nacionais ou importados que circulam por aqui devem possuir o número do Chassi.

  3. Jadir disse:

    Estou interessado num belair 1949 e atualmente não em documentos, apenas um chassis modificado e a carroceria, tem nele apenas a última placa amarela. Existe salvação para este carro?

  4. Thiago disse:

    Boa tarde André, tenho um ford 38 que era utilizado em corridas, gostaria de tirar algumas dúvidas com você sobre a legalização dele, você poderia passar seu email para eu tirar algumas duvidas?

    • Thiago, bom dia. Carros de corrida normalmente eram baixados no Detran, porque eram utilizados apenas em vias privadas e não há necessidade de criar uma dívida de um Bem que não circula nas ruas, oura característica de carros de corrida é a quantidade de alterações que inviabilizam e impossibilitam qualquer registro no Detran do mesmo. Se o veículo for “baixado” é impossível regularizar. Poste suas dúvidas por aqui para que a comunidade possa ajudar também. Abraços

    • Marco, montar você pode. Mas se a cabine for de um modelo muito diferente do original você não conseguirá transferir o carro (se houver necessidade) a cabine deve seguir os padrões da marca/modelo/versão do seu chassi.

  5. Marcos disse:

    Boa tarde André , um amigo possui um Ford 1949 que estava em início de restauração , mas devido ao problemas alheios desistiu da ideia , o objetivo agora é vende ló . O carro foi adquirido em um leilão do Detran a décadas atrás , não possui documento , somente o recibo de compra e venda . Ele pode vender o carro sem os documentos ????

    • Marcos. O recibo de compra e venda é o documento de transferência do Veículo ou um simples recibo? se for um simples recibo provavelmente o veículo tenha baixa no detran e o mesmo foi vendido como sucata impossibilitando a documentação do mesmo. Se for o DUT não há problemas em transferir o carro. Abs

  6. maximo scopel disse:

    Boa Tarde Andre, estou adquirindo um aerowillis 2600 1963 a p restaurar, mas tem o porem que consegui negociar com o 03 herdeiros, mas documentação nada nem procuração, e ainda placa amarela de Ponta Grossa- Pr. 02 letras e 4 numeros,e os herdeiros simplesmente disseram para me viara com docs. pois o carro estava em nome de um terceiro e não no nome do Pai deles. a pergunta e a seguinte tem como resolver essa pendenga. Maximo Scopel Curitiba PR.

    • Maximo, boa tarde. Situação pior do que o comum, porque o carro precisa de Dupla transferência e na segunda transferência precisa passar por todos os herdeiros (esposa se estiver viva ou os 3 herdeiros – se tiverem filhos este número aumenta).

  7. Wellington disse:

    Olá, estou buscando mais informações para regularizar um carro antigo. Sou de Curitiba e tenho um vizinho que está querendo me vender um Bel Air 51. O carro encontra-se sem motor e câmbio. O antigo proprietário é da Bahia e deixou a guia de transferência assinada em branco. Essa assinatura é de 1992 mas não tem o carimbo do cartório reconhecendo firma. Estou tentando localizar o antigo proprietário mas sem sucesso. O carro possui placas amarelas e o documento conta como chassi remarcado. Já consultei o detran da Bahia e tem apenas mil reais em licenciamento e outras pendências em atraso. Minha dúvida é se vou conseguir transferir em meu nome e regularizar o carro para rodar. Estou vendo com um despachante mas sem muito sucesso, pois as informações não são muito claras. Tenho receio de comprar o carro e não poder usar. Atenciosamente, Wellington Nelsen

    • Wellington. Este seu caso é praticamente impossível de resolver. Placa amarela e chassi remarcado não dá para seguir adiante. O carro sequer tem o motor e câmbio (que possuem numerações também). este carro só serve para ser doador de peças. Para transferir o carro de placa amarela para cinza você precisa realmente do recibo de compra e venda assinado e dependendo do ano do carro (no seu caso ano 51) o dono pode ter falecido e o carro pode ter ido para inventário ou ter ficado parado. Este tipo de situação é complicado porque o carro pode ter queixa de roubo (queixa antiga) e você não sabe.

  8. FRANK disse:

    Olá André! Muito Bom dia! Tenho uma Suzuki A 50 II em fase final de restauração. Depois de muita pesquisa encontrei o antigo dono, que assinou o recibo de compra e venda. O que acontece é que ela é placa amarela, então ela já não possui mais o RENAVAM, qual seria o próximo passo que devo dar?

    Atenciosamente,

    Frank

  9. maricel weigert rocha disse:

    Boa tarde
    André meu marido tem um fusca 77 tá praticamente bem acabado mas está na sombra… mas queremos tirar ele daqui do espaço de nossa casa até por 500 reais estamos doando ele … e além do mais tem uma dívida de 1300 reais… que faço se não podemos jogar fora e tenho dó tbm…?

    • Maricel boa tarde. Você pode “dar baixa” no documento do carro (como perda total ) junto com o Detran ou Despachante. Se fizer isso o carro nunca mais poderá rodar na rua (você estará sucateando ele) e com isso poderá vender o carro por quilo no ferro-velho. Abraços

  10. Ademir disse:

    Prezado Sr. Andre.
    Estou com uma moto 1975 com placas amarela de Campinas SP, e só tenho uma cópia do documento da época, que esta em nome de uma pessoa de Campinas e não consigo localizar a pessoa se esta via ainda e nem algum parente.
    Como faço para conseguir regularizar, pois já liguei em alguns despachantes de Campinas e ninguém faz.
    Esta moto esta comigo faz uns 10 anos abandonada.
    Você saberia me informar como fazer ou algum despachante de Campinas que consiga resolver?
    Grato

  11. Rafael disse:

    Boa noite André. Meu pai possui uma DT180, ano 87, cuja qual ele mesmo comprou no mesmo ano, no paraná. Viemos embora para o mato grosso e, desde então, nunca mais foi pago o documento. A moto esta com ele, mas não possui mais documentos. Nós conseguimos regularizar o documento desta moto e transferir aqui para o MT? A moto esta no nome dele mesmo.

    • Rafael, boa tarde. Obrigado pela participação. Sim, você poderá ir em qualquer despachante para solicitar a segunda via dos documentos. Lembrando que para a emissão da segunda via será necessário realizar uma vistoria no veículo, e o veículo não pode conter nenhuma irregularidade mecânica ou elétrica. Obgrigado

  12. jorge rocha gonçalves disse:

    Olá André, sou do Rio Grande do Sul e comprei no Rio de Janeiro um Morris 1948, documentado 2016 e o DUT já passado para o meu nome e autenticado em cartório e tenho todos documentos anteriores desde 2010 até 2016 tudo em dia e sem multas,só no DUT onde diz marca/ modelo VW/FUSCA 1300 ANO 1974,devido o chassis e o motor dele são de fusca mas no campo de observação bem embaixo do DUT consta (modificado visual carroceria Morris),este carro foi feito esta modificação em 2010 e já teve 3 proprietários um no Espirito Santo e 2 no Rio de janeiro.
    Tentei transferir para o meu nome e não consegui aqui no Rio Grande do Sul,
    O Detran do RGSul alega que o veiculo está mais para artesanal e que consta no documento que tem modificação visual mas não tem numero de CSV, por este motivo pede para regularizar na origem.
    André o que faço, obrigado e um feliz Ano Novo para vc e sua familia,

    • Jorge boa tarde. Obrigado pela participação. Complicado essa situação. O que você pode fazer é entrar em contato com um advogado e solicitar para o mesmo que passe as orientações para você regularizar o veículo. Outro problema que você tem é que cada Detran trabalha de uma forma diferente. Você pode tentar transferir ele para o seu nome no Detran do Espirito Santo ou Rio de Janeiro e depois só fazer o procedimento de troca de placa/endereço. A segunda opção seria mais fácil, você só precisa de um comprovante de residência e um termo falando que você mora com a pessoa que está sedendo o comprovante assinado e com firma reconhecida.

    • Luis, Boa tarde. Consulte o Detran da sua cidade. Cada detran tem uma regra específica. Questione no balcão de atendimento o procedimento para troca da placa amarela para placa cinza que eles passarão uma lista de documentos e vistorias que devem ser realizadas no veículo.

  13. Olá, gostaria de saber se consigo transferir o veiculo apenas com o recibo de compra e venda, atual proprietário não possui outros documentos Fiat 147 com 9 anos de documentos atrasados…?

  14. Maick disse:

    Boa noite, estou querendo restaurar um jeep ano 70 e acredito que vai se passar um bom tempo para que eu deixe ele em condições de andar novamente, mas o problema maior é o documento pois esta no nome de outra pessoa, gostaria de saber se existe alguma forma de transferir esse jeep antes da restauração pois vou levar muito tempo para restaurar ele completamente e não gostaria de começar uma empreitada dessas e saber que depois de pronto não vou conseguir documentalo. Obrigado

    • Maick, sim você consegue transferir o carro antes. O problema é se for transferir de cidade porque requer uma vistoria do detran. Mas você poderá trocar o endereço depois. O importante antes de começar a restauração é ter o carro em seu nome independente do endereço do mesmo. a troca do endereço é bem mais fácil depois.

  15. Gustavo Gaspar disse:

    Boa noite, a alguns anos comprei uma C10 1981 de um Sr. o qual havia comprado a mesma de um terceiro. Este Sr. hoje é falecido e o terceiro assinou, mas não reconheceu o recibo de compra e venda da mesma, Verificquei no site do detran um bloqueio judicial o qual não sei do se trata. Além da posse do recibo de compra e venda tenho um documento informal datado e assinado pelo Sr. que me vendeu a mesma. Como posso proceder para documentar a mesma?

  16. Andrecerberus, estou pensando em reformar um caminhão Chevrolet C60, antigo, comprado no ferro velho, e deixá-lo novo de novo. Não tenho pressa. Estado da carroceria ruim, mas com painel completo. Motor precisando de ajuste devido ao tempo parado… Caminhão sem ser dado baixa no Detran, documentação atrasada… Estou em fase de pesquisa.. Já encontrei 3, cada um “melhor” que o outro. Mas ainda não desisti de encontrar um com documentação mais regular para não dar muita dor de cabeça. O que eu preciso prestar a atenção nesse caso que quero comprar no ferro velho e recuperar? Valeu pela resposta… Aguardo sua resposta. Um abraço!

    • Gilmar, antes de comprar algo do ferro velho verifique se o mesmo tem nf, documentação (mesmo que atrasada) e também faça uma pesquisa no site sinesp cidadão para ver se não existem queixas de roubo ou furto (https://www.sinesp.gov.br/sinesp-cidadao). Leve um funileiro antes de fechar a compra porque ele poderá olhar pontos críticos da carroceria que poderão condenar o carro/caminhão. boa sorte.

  17. Marcelo de Oliveira disse:

    boa noite tenho um gol g3 documento em dia pode documentar todos os anos mas não tem recibo de compra e venda o que devo fazer ? aguardo resposta

    • Silvia. Se o carro está com todos os documentos. Basta pegar o DUT assinado pelo atual proprietário e autenticar em cartório. Posteriormente voce poderá ir no Detran para transferir o carro ou contratar um despachante para isso. abraços

  18. Douglas disse:

    Amigo boa noite, tenho um fusca 59 em que no doc consta alienação pelo banco Martinelli, busquei informações em despachante e fui orientado e buscar por uma liberação de quitação, sabe me dizer onde consigo se o banco faliu.

  19. amigo , comprei um gol g4 , mas nao verifiquei os documentos e o carro ta com uma divida no banco de 34 mil ta em 104 mil Reais , o dono ja morreu e os filhos não querem pagar a divida ! estou sem saída paguei 18,500 nesse carro pois era de um amigo meu confiei na palavra dele ! e agora o que posso fazer para não perder o que investi? aguardo

    • Adilson. Infelizmente você não pode fazer nada. A dívida do carro entra como dívida ativa para o proprietário, este não pode vender o carro por 2 motivos: 1) Situação irregular 2)Ele faleceu. Nem as peças você pode vender porque para dar baixa no detran você precisa ter os documentos em dia. Vender as peças no carro nessa situação (sem documento, sem transferência) é crime. Você pode entrar na justiça contra quem vendeu e recuperar o seu dinheiro de volta (isso é bem fácil, porque agiram de má fé contra você) um bom advogado pode ajudar nisso. Você pode recuperar o que foi gasto e ainda entrar com um processo por danos morais, além de outros processos que só um advogado tem conhecimento para orientar corretamente. Abraços

  20. danilo lourenço mercadante disse:

    Oi Andre, tudo bem, tenho uma chevy 1948, placa amarela licenciada até 1982, o proprietário endossou o documento de transferência no cartório conforme o figurino em 1998… não fiz nada desde então… agora estou pensando em fazê-la rodar…despachante faz essa transferencia?… abraços…Danilo Mercadante (facebook)

  21. Sérgio Souza disse:

    E aí André , vejo que sabes muito sobre o assunto. Se eu comprar um carro em um ferro velho, sem documentação, com a nota fiscala do ferro velho consigo , depois de restaurado fazer uma documentação dele? Qual o procedimento?

    • Sérgio, tudo depende. Ter só a NF do carro não ajuda muito. Precisa ter o DUT e saber se o carro tem alguma dívida ativa, restrição financeira ou até mesmo judicial. Você precisa da placa e do chassi do carro para fazer uma pesquisa em um despachante. Se o carro estiver tudo em ordem (que é pouco provável, porque até hoje nunca vi um carro em um ferro velho com situação regular) ainda assim você precisará recorrer ao proprietário para assinatura de todos os contratos e termos

  22. Carvalho disse:

    Olá, amigo. Sou mais um que tem dúvidas quanto a regularização de carros, heheh. Ficaria muito agradecido de ter a sua opinião sobre o meu caso. É o seguinte: Tem um carro que está abandonado na oficina de pintura e funilaria de um conhecido há no mínimo 13 anos (carro da década de 1990). Se não estou enganado, a história é que o dono – supostamente argentino – teria deixado lá para reparos e nunca mais apareceu. Desde que eu era garoto sonho em pegar esse carro para restaurar, e recentemente decidi tocar esse projeto. Mas o primeiro, e provavelmente mais chato problema que surge é: Como regularizar esse carro? Ainda estou pesquisando, vi a respeito do usucapião de bem móvel (coisa rara, e por isso defícil de estudar). Ainda não sei se o carro tem documentação. Verificarei isso em breve, assim como o próprio carro, que há muito não vejo. Dependendo do estado do carro, da documentação e da “dor de cabeça” Burrocrática, vou decidir levar ou não adiante. Muito agradecido. Parabéns pelo blog! Conheci-o agora e tenho gostado de seus textos.

    • Carvalho, boa tarde. Obrigado pelo feedback! Quanto ao carro aparentemente abandonado documentar ele será uma tremenda dor de cabeça. Dependendo da situação não é algo impossível. Procure por “Laudo Cautelar” no Google e encontre uma empresa perto de você que faça esse laudo. Com as informações do Laudo, vá a um despachante e peça para ele “puxar a capivara” do veículo. Com isso você verá se tem queixa de roubo/furto e outras informações relevantes para o processo (se o carro está financiado, se possui restrição judicial, etc). Depois procure um advogado e explique para ele a situação. Com os dados do proprietário você poderá intimar ele judicialmente, se o carro possuir dívidas o mesmo irá para leilão da prefeitura e você poderá adquirir ele legalmente. No leilão da prefeitura o valor máximo é o valor justo do carro ou seja não existe um risco de você pagar 50mil em um carro que vale no máximo 3mil reais. Em linhas gerais faça, laudo, despachante e advogado.

  23. Ariel Fernandes disse:

    olá andre …estou comprando um fusca placa amarela …porem esta em nome de uma empresa …consigo fazer a documentação deste carro ? obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.