Reclamações Através das Redes Sociais


Boa noite,

Com o crescimento das redes sociais no Brasil, o Facebook, Youtube, Twitter e o finado Orkut tornaram-se uma ferramenta de comunicação direta da montadora com o cliente final, em alguns casos essa facilidade de comunicação permite exemplificar de forma pública um problema no veículo, em casos extremos clientes revoltados com a marca, publicam vídeos no Youtube e acabam recebendo milhões de visitas.

Em alguns casos em pouco tempo com recursos judiciais as montadoras retiram do ar o canal oficial do cliente que publicou um vídeo de má fé ou que acabe prejudicando a imagem da montadora, lembrando que mesmo a marca tendo fornecido um produto com problema existem limites para reclamações.

É de conhecimento comum que brasileiro adora tirar vantagem de um problema, e quando este problema cai na boca do povo, a oportunidade de poder ganhar mais acaba aflorando na pele, vou mostrar abaixo 4 vídeos de clientes totalmente insatisfeitos com a aquisição de seus carros.

Chevrolet Agile

Renault Megane

Chevrolet Omega

Peugeot 207 (sem áudio)

Lembre-se que se o seu carro possui algum problema grave e não foi resolvido de forma amigável com a concessionária, tente o seguinte:

1) Entrar em contato com o SAC da montadora

2) Refletir sobre o problema, foi um acessório ou componente não original a causa real do problema?

3) Pegar uma terceira opinião (não precisa necessariamente ser da concessionária) o mais importante é apenas pegar a opinião, sem trocar qualquer peça

4) Lembre-se que se o problema está em uma peça de desgaste normal, não é porque ela teve o desgaste irregular que a culpa é da montagem, os pneus duraram apenas 50mil km enquanto o do vizinho rodaram 70mil? quantos buracos você errou no caminho da casa x trabalho? ou qual é a condição do asfalto que você enfrenta todos os dias

Seja realista, lembre-se que entrar em um processo judicial com qualquer empresa, pode levar algum tempo e muita dor de cabeça, caso esteja disposto a isso, vá em frente, ma lembre-se que se você entrar com um recurso, peritos irão verificar o seu carro de ponta a ponta, e se for identificado um problema por parte do consumidor, prepara-se para responder pelos atos.

Eu tenho uma opinião muito neutra em relação a este assunto, mesmo porque não será a garantia da fábrica que irá impedir de eu ter o que eu quero no carro, se eu tivesse um Jac Motors com 6 anos de garantia, com certeza eu iria usufruir somente do primeiro ano, não concordo em ter que trocar tudo na concessionária, você acaba perdendo o poder de escolha.

No primeiro ano que comprei o meu carro, troquei as rodas 13″ por 16″ com pneus de perfil baixo… se eu tivesse um carro de garantia extremamente grande, eu só poderia fazer o que eu quisesse no carro no sétimo ano…. daí ele estaria velho demais para começar a alterar…

São 2 grandes mundos… os que alteram os seus carros para gosto próprio e os que obedecem o quadro de revisões a risca…. eu faço parte do primeiro grupo (rs).

Vejam abaixo a noticia da Carplace que fala sobre o direito do carro reserva no período de garantia do automóvel

http://carplace.virgula.uol.com.br/direito-do-consumidor-conserto-de-carro-da-garantia-nao-pode-exceder-30-dias/

Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.