Inmetro Testa Carros


O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia popularmente conhecido como Inmetro, divulgou agora no início de Fevereiro o ranking de consumo de etanol de 151 carros produzidos no Brasil, o número embora possa parecer uma propaganda da famosa cachaça 51 (e o teste foi feito somente com 1 combustível – etanol/álcool), alguns carros se ficaram muito bem classificados, outros confesso, me decepcionaram completamente.

Segundo o site A Tribuna, os carros são divididos em 9 categorias. Na categoria subcompacto, novamente a “vitória” foi do Fiat Mille Economy,consumindo 8,9 km/l de álcool na cidade e 10,7 km/l na estrada. Foi a melhor média entre todos os veículos avaliados. O Uno Economy 1.4 também levou nota A.

Isso não me surpreende muito, principalmente pelo fato do Mille (finado Uno) ter um motor de roçadeira, lógico que o baixo consumo do carro é proporcionalmente revertido a sua potência. Mas que anda de Mille não pensa em conforto, prazer de dirigir ou beleza, é um carro para ir e vir trabalhar e raramente você verá um quebrado na rua. Já encontrei até Azera sendo rebocado na Av. dos Bandeirantes mas nunca vi um Uno (ou Mille) do modelo bota ortopédica encostado por alguma falha mecânica.

O carro é 8 ou 80, se deu partida de manhã, então ele funcionará ao longo do dia sem problemas, se ele não pegar, prepara-se para a dor de cabeça….

Fora isso o VW Gol e o Honda Fit também se saíram muito bem na avaliação do Inmetro, o Fit sempre foi famoso por ser econômico, já me enganei umas 4 ou 5 vezes pensando que o Fit estava com problema no marcador de combustível, porque de fato ele é bem econômico. Já tive experiências em dirigir o Fit e o New Fit, ambos são carros que possuem conforto, tecnologia e economia.

Camelo não é carro, embora alguns insistem em comparar.

O carro que mais surpreendeu foi o Honda Civic 1.8 Automático, o carro que sempre foi econômico viu o troféu sendo retirado pelo Corolla e agora voltou sendo o primeiro lugar no ranking, algumas pessoas estavam tão acostumadas a andar de Camelo, onde só precisa dar água uma vez por mês, que acabaram se esquecendo que um carro equipado com 140cv (1.8) e câmbio automático não dá para fazer milagre…. milagre a Honda não fez, mas surpreendeu tendo este excelente resultado, deixando assim seus 2 exemplares nacionais (New Fit e Civic) com nível A no ranking.

Ainda no site A Tribuna, O Fiat Doblò foi o único na categoria Minivan e levou nota C. Para comercial, o Renault Kangoo 1.6 obteve nota máxima. Para Carga Derivado, o mais bem avaliado foi o VW Saveiro 1.6.

No geral, as piores notas (E) foram para o Ford EcoSport automático, Ford Ranger 2.3, Kia Sorento, Kia Soul, Toyota Camry e Volkswagen Polo 1.6.

Francamente eu achando que o Motor 1.6 da VW era muito bom, meu pai tem um Voyage 1.6 e na estrada o carro surpreende com excelentes níveis de potência, torque e consumo.

Para quem tem o Kia Soul só lamento…. é fato de que montadora não possui share de mercado para veículos flex e isso só prova de que para criar um motor Flex é necessário muito mais tecnologia e estudo do que simplesmente pegar o motor 1.6  (Soul e Cerato) e chipar no Álcool, o Cerato não é Flex ainda, mas se fosse seria a mesma coisa….

Vou resgatar um comercial que nunca saiu da minha cabeça… maldita vinheta (rs)

Vi uma entrevista com a assessoria de imprensa da Toyota e lembro que quando eles colocaram no mercado o motor flex, ele foi redesenhado para obter máximo desempenho e economia no álcool, mesmo porque ainda é vantagem abastecer com álcool em muitos lugares, então se o carro é Flex, melhor desenhar ele para queimar melhor o combustível mais vendido do que um que só é vantagem em 3 (no máximo 4) meses do ano.

Confira a matéria completa AQUI e veja o ranking completo AQUI.

A AutoEsporte publicou um quadro de fácil visualização também.

Obrigado

Novo Site Tuning Parts


Boa noite,

Novamente estou escrevendo um artigo sobre a loja virtual Tuning Parts, são poucas as lojas virtuais que me agradam, a Tuning Parts é uma delas, fizeram uma campanha no Facebook para divulgar o novo site deles, e que acabou dando certo, o site recebeu diversas visitas e ainda teve direito a alguns compartilhamentos na opção “Curtir” do Facebook.

O layout do site ficou bem agradável, mais amigável e fácil de encontrar os produtos, para quem está a procura de um produto específico agora é possível filtrar de acordo com o modelo do seu veículo.

Confira o novo site: http://www.tuningparts.com.br/

E você já comprou algum acessório para o seu carro na internet?

 

Obrigado

Dicas: Comprar um Fusca (1/5)


1 – O TESTE DA POLIA 

Com o motor desligado, ponha o Fusca em ponto morto. Abra a tampa do motor. Você verá uma polia grande e uma pequena, ligadas por um correia. Pegue a polia grande, com as duas mãos e tente (com toda sua força) sacudir a polia para frente e para trás. Se sentir qualquer folga, mesmo pequena, o motor tem problema (custo relativamente caro) de folga no virabrequim.

Ele até poderá rodar um bom tempo assim, mas sua confiabilidade e durabilidade estão em risco. A menos que o carro esteja MUITO barato, não vale a pena. Procure outro.

O teste da Polia indica se o motor precisa de um reparo mais caro, de certa forma é difícil encontrar um Fusca original sem folga na Polia. Normalmente os que não possuem já foram revisados ou refeitos pelos antigos donos.

 

Obrigado