Motor de Arranque


Boa noite,

 

Para comemorar os 122mil km do Cerberus e 100mil visitas no blog, encostei o Cerberus na oficina para trocar o motor de arranque, daí vem a primeira pergunta…. que raios é o motor de arranque e para que ele serve? Para os que tiveram dificuldade algum dia com este componente já deve ter ouvido falar do famoso Bendix, o nome é tão da hora que eu colocaria o nome do meu filho de Bendix se eu tivesse um.

Segue a parte técnica da bagaça.

A Função do motor de arranque consiste em acionar o motor do veiculo até que tenham início as explosões e este possa funcionar por si mesmo.
Os motores a gasolina, na sua maioria, têm de atingir um mínimo de 50 RPM para arrancar, o que exige uma potência elétrica considerável, particularmente no inverno quando o motor está frio e o óleo mais espesso.
O motor de arranque é o componente elétrico que maior descarga impõe à bateria: no momento em que funciona pode consumir entre 300 a 400 A e em apenas três segundos pode descarregar a mesma quantidade de energia despendida pela luz de estacionamento durante uma hora. Por este motivo, o motor de arranque necessita de um interruptor resistente e deve ser ligado à bateria por um cabo de diâmetro maior.
Ao mesmo tempo que se aciona o motor de arranque, a bateria deve fornecer corrente ao sistema de ignição para que saltem as faíscas nos cilindros. Se a bateria estiver pouco carregada e, portanto, com uma tensão abaixo do seu normal, pode acontecer que o motor de arranque, ao consumir demasiada quantidade de corrente, não permita ao sistema de ignição gerar a voltagem suficientemente elevada para fazer saltar as faíscas entre os elétrodos das velas de ignição.

Confuso ou técnico demais?? Deixa eu ilustrar….

O motor de arranque faz girar o virabrequim por meio de uma roda dentada. A engrenagem menor (pinhão) está montada no eixo do motor de arranque e engata com a engrenagem maior (cremalheira), montada à volta do volante do motor.
A relação de redução entre estas duas engrenagens é geralmente de cerca de 10:1. O pinhão do motor de arranque desengrena-se da cremalheira logo que o motor começa a funcionar; caso contrário, o motor acionaria o motor de arranque, com a conseqüente destruição deste. O sistema mais utilizado para esse efeito é chamado de Bendix.

Antes de trocar certifique-se…

  • Se você ouvir muitos estalos rápidos durante a partida, indica que o impulsor (também conhecido como “Eixo-Bendix”) está desgastado.
  • Se você ouvir um zunido forte, indica que o motor de partida esta girando solto, sem engatar no volante do motor. Possivelmente, a chave magnética não está acionando o pinhão.
  • Se ao acionar a chave e nenhum ruído acontecer, indica problemas na bateria ou nas escovas.
Antes do mecânico trocar ele deverá verificar os seguintes pontos…
  • Bateria: verificar a tensão, limpeza dos terminais, cabos e algum possível mal contato.
  • Acionamento do Pinhão: ao acionar a chave magnética deverá ser escutado um estalo, indicando que o pinhão foi acionado corretamente.
  • Fios: verificar se o isolamento dos fios (geralmente em verniz) não tem falhas, podendo causar algum curto-circuito.
  • Relés e fusíveis da caixa de fusíveis.
  • Escovas: o desgaste natural das escovas que acionam o induzido podem impedir que o motor de partida funcione.
  • Pinhão: se os dentes do pinhão estiverem desgastados é possível que os dentes do volante também podem estar, causando um ruído característico. Conforme o estrago, ambos precisarão ser substituídos.

Obrigado

2 thoughts on “Motor de Arranque

  1. Gustavo Sales disse:

    Opa.
    Gostaria de tirar uma dúvida.
    Tenho um Astra 2005, que precisou de um serviço de uma autoelétrica para trocar o motor de partida. O que aconteceu foi que horas depois ao dirigir o carro houve um princípio de incêndio justamente napeça trocada. Gostaria de saber as possíveis causas?
    Obrigado

    • Gustavo
      Boa noite.

      Obrigado pela participação, o motor de partida (também conhecido como motor de arranque) pode apresentar este defeito por 2 principais causas.
      1) Defeito no produto, o motor de partida é submetido a uma grande temperatura devido o calor do cofre do motor, se a peça for nova acho pouco provável esta ser a causa do problema
      2) Isolamento do induzido com o aterramento ou falha na instalação na bateria principal do carro, este causa um curto circuito do sistema e poderá causar este problema.

      No seu caso eu levaria em outro lugar para revisar a instalação, o serviço é relativamente simples não pode acontecer este tipo de problema.
      Qualquer dúvida fique a vontade.

      Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.