Dicas para upgrade do freio


Boa noite,
Para quem acompanha o blog, sabe que a alguns meses eu fiz um upgrade nos freios traseiros do Corsa, utilizei um kit adaptado do Kadett/Monza para obter máxima performance nas frenagens.

Vou postar abaixo algumas dicas de como manter o kit de freio do seu carro.

Primeiramente o essencial seria um check up semestral em todo o sistema, verificar o estado das pastilhas e lonas, se for o caso. Conferir os conduites das rodas em relação a possíveis vazamentos, bem como seu estado geral, checar se não estão parcialmente rompidos, por uma eventual pancada ou desgaste natural. Então abrindo-se o tambor traseiro checa-se o cilindro de roda quanto a vazamentos e funcionamento.

Depois checa-se o estado do Cilindro Mestre e do Hidrovácuo. Caso o freio esteja muito duro, o problema é do Hidrovácuo, ou em muitos casos da mangueira de conexão entre o coletor de admissão e o Hidrovácuo. Caso o freio esteja abaixando o pedal se pressionado por um período de tempo, então é o Cilindro Mestre que não veda o suficiente necessitando ser substituído. Atenção em ambos os caso torna-se perigoso o adiamento do conserto.
Após conferido todo o sistema está na hora de trocar o fluido de freio que deve ser feito anualmente. Use um fluido de freio Dot 4 ou superior. Assim evita-se o fading, o fadiga quando se é exigido em condições severas. Atenção, freios ABS usam fluidos especiais.

5 dicas para se pensar antes de fazer um upgrade nos freios

1. Use pastilhas mais eficientes, ou até de competição, elas gastam um pouco mais rápido porém são bem mais eficientes.
2. Discos de freio maiores, uma mecânica que trabalhe com adaptações pode encontrar um disco de freio de outro carro, maior no diâmetro, que possa ser usado no lugar do original. Isto aumenta muito a eficiência do sistema, inclusive baixando a temperatura dos discos.
3. Pinças de freio maiores e mais eficientes, já existem no mercado pinças com mais pistões para se Ter um melhor aproveitamento das pastilhas. Elas são muito eficientes, inclusive no caso de não ser possível usar discos maiores.
4. Discos traseiros. Só após as modificações acima justifica-se colocar discos traseiros. É importante se equalizar e dimensionar adequadamente os discos traseiros para que possa ser eficiente.
5. Hidrovácuo e Cilindros Mestre maiores, agora que tudo está superdimensionado é hora de superdimensionar o coração do freio. Também em se tratando de adaptações tem que ser verificado qual o sistema que será compatível.

É importante ressaltar que quanto mais rápido estiver o carro, mais se notam as modificações acima descritas. E que o pneu usado pelo carro também desempenha um papel importante na desaceleração do veículo.

 

2 thoughts on “Dicas para upgrade do freio

    • Boa noite Julio, obrigado pela participação.
      Realmente a utilização de freios especiais faz com que as pastilhas sofram um desgaste prematuro.
      Discos de Freios perfurados ou frisados auxiliam muito na frenagem mas a durabilidade é curta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.